São Miguel do guaporé (RO), 22 de abril de 2019

NOTICIAS

01/03/2018 11:26

EM SÃO MIGUEL DO GUAPORÉ FALTA DE DUPLICAÇÃO DA RO-481 CONTINUA PROVOCANDO ACIDENTES

Em 2016 o vereador Ismael Crispin que hoje é o atual presidente da Câmara de São Miguel do Guaporé promoveu uma grande Audiência Pública com a presença de mais de 300 pessoas no auditório do Fórum da Comarca de São Miguel do Guaporé para debater sobre a duplicação e iluminação de RO 481 desde o entroncamento  da BR 429 no Posto Teixeira até ao Frigorífico JBS por ser um trecho de bastante movimento e um altíssimo índice de acidentes e na grande ,maioria das vezes com vitimas fatais. No mesmo trecho há um alto trafego de pedestres, ciclistas, alunos que ficam à margem da RO à espera do ônibus escolar e com isso os riscos de acidentes aumentam ainda mais.

Na ocasião estiveram diversas autoridades do Estado, inclusive um grande número de deputados estaduais, inclusive o diretor do DER Ezequiel Neiva que em suas falas prometeram tomar atitudes a curto prazo para diminuir os acidentes e posteriormente fazer o projeto para a duplicação da Rodovia. Porém, isso não passou de conversa e a população continua a perecer.



Nesta terça-feira dia (27/02) o vereador em um de seus trabalhos de fiscalização no município constatou mais um gravíssimo acidente próximo ao postos Pacatão e Teixeira, onde as vitimas sairam dali extremamente machucadas, com quebraduras.

O custo que o Estado tem para cuidar das vitimas naquele trecho tem sido maior do que o que seria gasto com a duplicação, o que além da economia financeira, evitaria acidentes como estes e outros que ceifam dezenas de vitimas do descaso dos nossos “representantes” do Estado.




As pessoas dizem: “Cadê os vereadores?” porém, os vereadores estão trabalhando com muita dedicação para que esses problemas sejam resolvidos. O papel do vereador é fiscalizar, fazer audiências e mostrar onde está o erro. E o papel neste caso é dos deputados estaduais destinarem emendas para esta finalidade, porém, os recursos sempre vão para outros municípios e o nosso que é umas potência na agricultura, pecuária, agronegócio, tendo o maior empregador da 429 continua sem uma receber o investimento que merece por falta de uma representatividade local que de fato se preocupe com o coletivo do município que é um eixo central, o verdadeiro coração do Vale do Guaporé. É preciso entender que juntos seremos um valorizando o que é nosso.

Fonte: ismaelcrispin.blogspot.com.br


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo